Sociedade das Mulheres – Fonte de Águas Vivas

Dia das mães – um momento para oferecer conforto e apoio

Dia das mães – um momento para oferecer conforto e apoio

Melva A Cackler

Nas igrejas da Restauração que frequentei ao longo dos anos, nas manhãs de domingo antes do início da escola dominical, há um curto período de tempo que é chamado de “culto matinal”. Em maio de 2018, fui convidada a apresentar este culto para o segundo domingo daquele mês – Dia das Mães! Por causa de algumas de minhas próprias experiências anteriores – e também por causa de algumas circunstâncias muito tristes em torno de outras pessoas que conheci nos dois meses anteriores – esta foi uma tarefa difícil para mim, mas decidi aceitá-la. O artigo a seguir é baseado no que eu compartilhei naquela manhã, mas eu adaptei e ampliei para apresentar nesta página da web.

“Talvez, em vez de Dia das Mães, pudéssemos chamar este dia especial de ‘Dia Materno’ – permitindo que seja inclusivo em vez de exclusivo – e, assim, incorporar os belos dons e atributos femininos (maternais) com os quais as mulheres, incluindo as meninas, são dotadas por nosso Criador amoroso. A minha oração é que todas as mulheres, desde as jovens às idosas, se sintam reconhecidas, apreciadas e amadas não apenas no ‘Dia Materno’, mas todos os dias.”

Clique aqui para ler o artigo completo

Fonte de Águas Vivas

Fonte de Águas Vivas

Na Primeira Conferência Mundial no Brasil, de 16 a 17 de novembro de 2019, Melva Cackler, cidadã australiana residente nos EUA, foi chamada para ser a presidenta da Fonte de Águas Vivas. Um ano depois, durante a Terceira Conferência Mundial, ela foi formalmente comissionada para essa nova responsabilidade.  

A Fonte de Águas Vivas é uma organização ministerial feminina. Seu propósito, e nosso desejo, é levar ministério a todas as pessoas. Esta nova página da web é para todos! Sim, definitivamente é para mulheres. Mas também é para homens. E, tão importante, é para famílias. Somos todos convidados a trabalhar juntos como irmãs e irmãos, como famílias, para crescer na fé – e na compreensão do Amor de Deus em nossos corações – para que sejamos transformados no povo de Sião.

–Melva Cackler

Clique aqui para ler o artigo completo

pt Português
X